terça-feira, 19 de março de 2013

Relatos da Carol..Uma mãe de anjo - parte 5!!! Final

Quem perdeu as 4 primeiras parte clique aqui, aqui, aqui e aqui

Esta é a ultima parte



Bom, escrevi um bocado, mas ainda não lhe falei sobre como acabei
caindo ontem no seu blog...
 

Perdi o bebê em razão de uma incompetência ístimo cervical, isto é,
meu colo do útero, pela sua própria formação, "abre" antes da hora,
quando o bebê começa a ganhar peso. O aborto ou parto prematuro
acontece lá pela 20ª semana sem qualquer aviso prévio: não há
sangramento, nem dor, justamente como aconteceu comigo. Apesar de ser
muito frequente, principalmente nessa fase da gravidez, não existe
nenhum exame que conclua pela existência dessa incompetência. Somente
um aborto ou um parto prematuro, naquelas circunstâncias, levam a esse
diagnóstico e ao respectivo tratamento. A gravidez é, sim, possível,
desde que, entre a 12ª e a 15ª semana, seja feito um procedimento
chamado cerclagem, que consiste em "costurar" o colo do útero. Depois
disso, repouso até as últimas semanas, quando os pontos são retirados
para o parto. 



A suspeita da incompetência ístimo cervical foi anunciada desde o
primeiro momento e foi sendo confirmada com o resultado dos exames do
bebê e da placenta. Apesar dos meus 30 e poucos anos, eu era fértil e
nada, portanto, me impedia de engravidar novamente, o que - e quero
muito lhe dizer isso - escolhi, junto com meu marido, não fazer de
imediato. 



Isso porque uma nova gravidez e um novo bebê não cabiam na minha vida,
não naquele momento. Eu tinha sim, um buraco enorme no coração, mas
era um buraco que nada iria preencher, nem mesmo um filho. Além disso,
um filho precisa ser o centro, ele precisa ser a prioridade,
a-coisa-mais-importante-de-todas, exatamente como foi meu bebê, nos 5
meses em que pude ser sua mãe. E não dava pra ser assim, não tão
rápido. Antes de tudo, eu tinha de cuidar de mim mesma, da minha
saúde, dos meus sentimentos. Tinha de refazer meus planos e de tentar
recuperar um pouco da minha alegria. Tinha de ajudar minha minha
família a curar a sua dor e, principalmente, cuidar para que meu
casamento fosse fortalecido - e não destruído - pela perda do nosso
bebê. 



Fiz tudo isso em 2012. Aos poucos, retomei minha vida, meu trabalho,
meus projetos. Continuei com a terapia e, assim que me senti forte o
suficiente, comecei a procurar uma médica que me acompanhasse numa
futura gravidez. Apesar de a médica anterior ter sido ótima durante o
pré natal, ela se mostrou extremamente insensível e incompreensiva
tanto no dia em que perdi o bebê, como na consulta dos 45 dias. Para
engravidar de novo, eu sabia que precisava de alguém que não só fosse
excelente tecnicamente (porque seria uma gravidez "diferente"), mas
também que me acolhesse e que entendesse que não seria fácil passar
por tudo de novo. 



Encontrei minha médica em julho de 2012. No dia da consulta, eu tremia
tanto que pensei que fosse ter um treco. Não sabia por que estava
desse jeito, mas depois me dei conta de que eu estava indo falar de
coisas extremamente íntimas e dolorosas com uma pessoa absolutamente
desconhecida, sem saber o que eu ouviria de volta! Mas ela foi
maravilhosa. Ouviu toda a história, compreendeu minha insegurança e
meus medos (meu maior medo era o de engravidar e passar a gravidez
toda com medo de perder o bebê outra vez) e, o mais importante de
tudo, não me pressionou. Lembro como se fosse hoje. Ela me disse: "Nós
vamos fazer uns exames, porque eu quero lhe conhecer bem, pra que a
gente não corra nenhum risco desnecessário. Enquanto isso, você vai
cuidando do seu coração e se preparando pra engravidar de novo, mas
tudo sem pressa. Você ainda tem tempo para ter seus filhos e não
precisa passar por cima do que está sentindo pra fazer isso". 

 
Fiz os exames e, em setembro de 2012, reencontrei minha médica, que
deu o ok. "Você pode engravidar quando quiser. Vá pra casa, curta seu
marido e, quando acontecer, venha me ver."





Em outubro, parei de me prevenir. Em novembro, menstruei. No
Natal de 2012, um ano depois de meu primeiro filho partir, eu tinha certeza de
que estava grávida. Fiz o teste de farmácia, mas deu negativo. Poucos
dias depois,
fiz outro, e deu positivo. Quando vi o resultado, ao
contrário do que eu imaginava, não senti medo, não fiquei assustada.
Fiquei absurdamente feliz. Meu marido abriu um sorriso do tamanho do
mundo, me abraçou e disse que tudo daria certo. 



E vai dar, tenho certeza disso. 



Estou com 14 semanas de gravidez, e ao que tudo indica, de outro
menininho. Ontem, entrei na internet
assim que cheguei do hospital, feliz da vida porque tinha acabado de
fazer a cerclagem e tinha tudo dado certo. O procedimento foi um
sucesso e agora é só me cuidar até a hora do pequeno nascer.
 



Coloquei no google "quarto bebê menino", doida pra ver umas sugestões
pro quartinho do pequeno, e o seu blog apareceu numa das primeiras
opções. Quando cliquei, me emocionei quando percebi que não era um
site qualquer, mas sim um blog de alguém que perdeu um bebê
extremamente desejado há muito pouco tempo e que ainda não sabe como
lidar com isso. 



Não li tudo, mas me reconheci em muito do pouco que li. Desde então,
senti que precisava escrever pra você. Queria muito lhe contar minha
história, porque talvez ela lhe traga um pouco de esperança. Não é
fácil passar por todo esse sofrimento, mas é possível, sim, aprender
com nossas perdas e, inclusive, sair delas muito mais forte. Meu filhote,
quando me deixou, me ensinou muito mais do que nos 5 meses em que
esteve comigo. Ele me ensinou a olhar e a respeitar os meus
sentimentos, a me preservar e me proteger do que não me faz bem, a
escolher as pessoas que quero ter por perto, e a cuidar, bem de perto,
daqueles que amo. Não há um dia em que não pense nele e em que não
agradeça a Deus por ter me dado esse presente. 



Desejo que você consiga superar tudo isso e que realize seu sonho de
ser mãe novamente. Se precisar de alguma coisa em que eu possa ser
útil, vou ficar muito feliz em lhe ajudar.

Com carinho





Agradeço imensamente a você por ter confiado e compartilhado sua história comigo e depois autorizado a postar no blog, tenho certeza que irá ajudar muitas mamães de anjos... 




Meninas vamos orar e mandar muitas energias positivas para a Carol e que esse rapazinho que está a caminho venha com muita saúde e traga muitas e muitas alegrias, pois tenho certeza que foi esse lindo bebe anjo que enviou esse irmãozinho para acalentar o coração dessa mamãe linda e forte... 


Carol você é uma grande inspiração..bj
 
Se você quer que eu conte sua história me envie um email para gracieleamancio@hotmail.com 


4 comentários:

  1. Amiga, também achava que não tinnha exames que comprovassem a insuficiencia do istmo-cervical, mas meu GO pós-aborto disse que tem como saber sim, antes mesmo de engravidar. Através de um ultrassom!
    Bjão

    ResponderExcluir
  2. Ufaaaa...li tudo!rsrsrs..e amei...Ela tem o mesmo que eu IIC e perdeu tb no mesmo ano que eu nas beiras do Natal de 2011. Amiga concordo com td que ela escreveu, a IIC é uma doença silenciosa, congenita ou adquirida que fa muitas maes perderm seus filhotes prematuramente e muitas vezes por repetição, ja que o diagnostico ainda não é tão preciso. Eu tb farei a cerclagem com 14 semanas e sei q com o repouso absoluto como fiz da minha anjinha aliado a cerclagem e fé em Deus dessa vez vai dar certo. bjinhos pra vcs. E obrigada por partilhar a historia

    ResponderExcluir
  3. Carol me emocionei com sua força e garra
    meus parabéns pois superou seu medo
    e hoje esta gravidinha parabéns

    Gracy minha linda saudades de ti
    minha linda amanhã é o dia do blogueiro
    e não podia deixar de te homenagear pois
    pois foi através desse mundinho aqui
    que descobrir sua preciosa amizade
    feliz nosso dia feliz o dia do blogueiro
    tem um mimo lá pra você de todo coração

    linda noite bjs


    http://sermamaepelasegundavez.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Carol, estou aqui muito emocionada..perdi meu bebe a 2 semanas e sua historia era tudo que eu precisava agora..obrigado

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu carinho!!!