quinta-feira, 25 de abril de 2013

Teste da Orelhinha / Deficiência Auditiva !!!!

Olá flores, hoje o dia aqui amanheceu tão lindo e com um friozinho delicioso...
Bom, minhas lindas, sei que tem muitos bebês que chegaram e muitos estão para chegar por esses dias/meses.. então vou falar um pouco da importância do teste da orelhinha, pois sei que muitos médicos pedem, mas a maioria não, então cabe a mãe pedir e exigir...
Não sei se já contei, mas o Rhany é deficiente auditivo, usuário de AASI (Aparelho de Amplificação Sonora Individual)... e teria sido mais fácil se na época o teste da orelhinha fosse mais divulgado e esclarecido... Apesar de desconfiar que o Rhany tinha surdez desde o 1º ano de vida, só tive o diagnostico quando ele tinha 2 anos e meio...  Mas para isso tive que lutar e brigar com muitos médicos, todos diziam que ele não falava por preguiça, outros diziam que era para esperar até ele completar 4 anos (um absurdo), foram muitos otorrinos e fonos, até que uma fono me pediu o exame EOAs (emissões Otoacústicas Evocadas) e foi ai que descobrimos que ele tinha uma perda (moderadamente severa)...
Se tivéssemos feito o exame com o Rhany ainda bebê ele não teria perdido 3 anos de fala e não teria sido tão traumático para ele e para nós também.

Teste da Orelhinha: 

A triagem auditiva neonatal é um programa de avaliação da audição em recém nascidos para diagnóstico precoce de perda auditiva.

Qualquer perda na capacidade auditiva, impede a criança de receber adequadamente as informações sonoras que são essenciais para o aprendizado da linguagem.

O teste da orelhinha deverá ser realizado à partir do nascimento, preferencialmente nos primeiros 3 meses de vida do bebê.

A técnica mais utilizada para a triagem auditiva neonatal é o exame de Emissões Otoacústicas Evocadas - EOAs. A EOAs é um exame indolor, de rápida execução (com tempo médio de 5 minutos), feito com sono natural, a partir da colocação de um pequeno fone na parte externa do ouvido do bebê. O EOA consiste na produção de um estímulo sonoro e na captação do seu retorno (eco), sendo registrado no computador se as partes internas da orelha (cóclea) estão funcionando e emitido um gráfico com o resultado do exame.

Fonte: Kinder Clínica

Meninas quando se trata de filhos a gente tem que ser leoas mesmo, não tem jeito, depois conto a história toda da minha luta com o Rhany... foi muito difícil, demoramos para ter o diagnostico, mas graças a Deus, saúde ele tem de sobra e hoje fala normalmente e ouve bem com o AASI, mas foi um caminho bem longo e cansativo...

Bjitos

5 comentários:

  1. Meu pequeno vai fazer esse teste dia 30 achei legal o hospital em que ele nasceu oferecer esse serviço!
    Agora o que fizeram com teu filho heim!? Esperar tanto tempo pra fazer um teste tão importante!

    meu-pequeno-guilherme.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que bom Barbara, Deus vai abençoar que seu baby nao terá nada... pena que não é todos os hospitais que oferecem... Na época que o meu nasceu não tinha campanha para o teste e os médicos eram muito displicente...bj

      Excluir
  2. Oiii Gracy! Eu nem sabia direito como funcionava esse exame..será que eles fazem na maternidde quando nasce?tipo teste do pézinho?? vou me informar!

    Beeijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jacky, em alguns hospitais fazem sim, mas infelizmente nem todos.. mas basta ter o pedido do exame e ir em algum lugar q faça..é rapidinho p fazer e indolor para o bebe..bjim

      Excluir
  3. Gracy linda não conhecia amei
    saber e conhecer mais um pouco
    obrigada por compartilhar amiga
    linda tarde

    bjs

    http://sermamaepelasegundavez.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu carinho!!!